Este site utiliza cookies que facilitam a navegação, o registro e a obtenção de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

X
CLDS 4G

 

O que é programa de Contrato Local de Desenvolvimento Social – Programa CLDS 4G?

É um instrumento de política social de proximidade com a finalidade de Capacitar, Empreender e Incluir, visando os seguintes objetivos:

  • Aumentar os níveis de coesão social das 19 freguesias do concelho de Castelo Branco, dinamizando a alteração da sua situação socioterritorial;
  • Concentrar a intervenção nos grupos populacionais que evidenciam fragilidades mais significativas, promovendo a mudança na situação das pessoas tendo em conta os seus fatores de vulnerabilidade;
  • Potenciar a congregação de esforços entre o sector público e o privado na promoção e execução de 25 ações, através da mobilização de atores locais com diferentes proveniências;
  • Fortalecer a ligação entre as intervenções a desenvolver e os diferentes instrumentos de planeamento existentes de dimensão municipal.

 

Eixos de Intervenção

 

O CLDS 4G complempla 25 ações devididas pelos 4 eixos de intervenção

Eixo 1

  • Apoio à Procura de Emprego e Desenvolvimento da Atitude Empreendedora;
  • Ações de Informação Sobre as Medidas Ativas de Emprego, Oportunidades de Emprego e Programas Comunitários de Apoio à Mobilidade no Emprego;
  • Encaminhamento para Medidas de Apoio à Criação do Próprio Emprego;
  • Encaminhamento para Ações de Formação;
  • Promoção de Medidas Ativas de Emprego;
  • Jornadas Técnicas do Emprego e Empreendedorismo;
  • (Des) Envolve-te! II (Videoteca Escolhas);
  • Nós com as Profissões!;
  • Bootcamp;
  • Liga do Empreendedor;

Eixo 2

  • Programa de Educação Parental;
  • Nós Convidamos-te!;
  • Gabinete de Apoio Familiar;
  • Clube de Vida Saudável na Estrada;
  • Assembleia Participativa “Nós com Todos”;
  • Ser + Igual;

Eixo 3

  • (Re)forma Ativa;
  • Vidas com Memórias;
  • Álbum de Vivências;
  • Na Estrada com Histórias (Biblioteca/posto de internet móvel);
  • Programa de Voluntariado “A Avó Adotada”;
  • A Freguesia do Lado;
  • Banco Local de Voluntariado;

Eixo 4

  • Feira Social;
  • Rede de Apoio Técnico às Instituições.

Beneficiários/as

  • Desempregados/as;
  • Empresas/Instituições;
  • Jovens;
  • Alunos/as secundário;
  • Pai, mãe e/ou educadores/as oriundos de agregados familiares de baixos rendimentos com crianças;
  • Crianças e jovens residentes nas freguesias rurais;
  • Pessoas com Deficiência e incapacidade;
  • Idosos/as;
  • Voluntários/as;
  • Dirigentes/ Técnicos/as;
  • Comunidade em geral.

Para acompanhar este projeto:

Entidade Promotora: Instituto da Segurança Social, IP.
Entidade Coordenadora Local da Parceria: Amato Lusitano – Associação de Desenvolvimento.
Financiamento: Portugal 2020
Candidatura: POISE-03-4232-FSE-000289
Contatos: clds4gcastelobranco@amatolusitano-ad.pt 
Período de Execução: abril de 2020 a março de 2023

 

Designação do projeto | CLDS 4G Castelo Branco

Código do projeto | POISE-03-4232-FSE-000289

Objetivo principal |Promover a Inclusão Social de grupos que revelem maiores fragilidades sociais

Região de intervenção | Concelho de Castelo Branco

Entidade beneficiária | Amato Lusitano - Associação de Desenvolvimento

Data de aprovação | 13 de março de 2020
Data de início | 1 de abril de 2020
Data de conclusão | 31 de março de 2023
Custo total elegível | 546.000,00€
Apoio financeiro da União Europeia | 546.000,00€

 

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

A intervenção do CLDS 4G Castelo Branco pretende reverter as situações de vulnerabilidade social presentes nos grupos com maior risco de pobreza no território, não dando somente recursos (alimentos, educação, trabalho, melhoria na condições habitacionais), mas fazendo um caminho de partilha com estas pessoas, promovendo a autoaprendizagem e a possibilidade de adquirirem novos conhecimentos, bem como criar mecanismos que quebrem situações de isolamento social e que lhes permitam viver de forma mais inteira, plena e autónoma.
Com este projeto pretende-se promover a dignidade e a condição humana, desenvolvendo o autoconceito e a autoestima, quer dos indivíduos, quer das instituições, estimulando dinâmicas de grupos alargados para o encontro de soluções. Pretende-se também promover uma nova cultura onde as dinâmicas de partilha, quer das soluções, quer dos problemas, sejam vistas com consciência e responsabilidade pelos diversos atores concelhios.

A sustentabilidade dos indivíduos e das instituições é o fim a atingir com este projeto, com o desenvolvimento de pontes e caminhos sólidos para uma maior cooperação entre o individuo e as instituições, ao promover medidas mais férteis de autonomia financeira e de cooperação entre os diversos atores sociais do concelho.

Newsletter Amato Lusitano - Associação de Desenvolvimento
Receba em 1ª mão todas as novidades!